Eleições, Grande Floripa, Palhoça, Política - 27 Mai 2013 20:07

TRE-SC cassa Ivon de Souza e Camilo Martins deve ser o prefeito de Palhoça

Julgamento na noite de segunda-feira (27) determina diplomação de Camilo Martins (PSD) e indefere eleição de Ivon Jomir de Souza
Por: Fellipe Sampaio
 
TRE-SC cassa Ivon de Souza e Camilo Martins deve ser o prefeito de Palhoça Ivon Jomir de Souza (à esq.) teve candidatura anulada segundo votação de juízes do TRE-SC e Camilo Martins (à dir.) pode assumir prefeitura de Palhoça. (Foto: Divulgação)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) impediu na noite desta segunda-feira o registro da candidatura de Ivon de Souza (PSDB) à Prefeitura de Palhoça. A decisão foi unânime, seis votos a zero. Desta forma, Camilo Martins (PSD) deve ser declarado como novo prefeito do município da Grande Florianópolis. O relator do processo, Marcelo Peregrino, e os juízes entenderam que a convenção partidária de Ivon não teria validade. 

- Não houve convenção válida do PSDB de Palhoça. O meu parecer é por indeferir o pedido de registro e dar provimento ao recurso do diretório municipal -, declarou Peregrino.

Os votos destinados aos candidatos que concorreram sub judice não superaram 50% da votação válida. Com isso, a Corte determinou a diplomação do segundo colocado, Camilo Nazareno Pagani Martins - o segundo candidato mais votado -, como prefeito do município. O Pleno do Tribunal Regional de Santa Catarina deu provimento ao recurso do PSDB de Palhoça a fim de reformar a sentença de 1º grau e indeferir o registro da Coligação Majoritária “Palhoça Tem Jeito com Honestidade e Respeito” e, consequentemente, o registro de candidatura individual de Ivon Jomir de Souza e de seu vice Eduardo de Souza no pleito majoritário do município.

Desde janeiro, Ivon está afastado por conta de disputas internas do partido que levaram a um pedido de impugnação. Os integrantes do PSDB afirmam que há irregularidades no pedido de candidatura individual do prefeito eleito, enquanto Ivon afirma que a ata com o resultado da convenção teria desaparecido.

Situação permanece indefinida

Mesmo com a decisão, a posse do novo prefeito não está garantida. O advogado de Ivon vai entrar com recurso nos próximos dias. Até a oficialização do eleito, o presidente da Câmara de Vereadores, Nirdo Artur Luz (DEM), o Pitanta, segue como interino no cargo.

Leia também:

- Julgamento do caso de Palhoça acontece nesta segunda (27)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar