Florianópolis, Geral, Grande Floripa, Política - 21 Fev 2014 18:04

TST marca para dia 24 audiência de conciliação entre Correios e Fentec

Paralisação já chega a 22 dias e tem adesão de 13 estados
Por: Paulo Evangelista
 

Após 22 dias de paralisação, a greve dos Correios está próxima de terminar. O relator do processo, Ministro Márcio Eurico Vitral Amaro, agendou para segunda-feira (24) às 10h, em Brasília, audiência de conciliação marcada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) entre os Correios e a Federação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect).

A audiência decorre da ação cautelar preparatória que os Correios protocolaram junto ao TST solicitando a suspensão da paralisação parcial que atinge 13 Estados, incluindo Santa Catarina. Em caso de não haver conciliação, o TST realizará o julgamento do mérito da ação.

Vários acordos já foram assinados com os 19 sindicatos que participam da mesa de negociação: compensação das horas não trabalhadas em razão da greve de 2013; compensação de horas não trabalhadas nos sindicatos em que houve greves setoriais ou regionais em 2013; manutenção da assistência médica para dirigentes sindicais liberados sem ônus para a ECT; responsabilidade da empresa frente a acidentes de trânsito (custos dos danos de manutenção da frota e danos a terceiros consequentes de acidentes de trânsito); anistia de ecetistas demitidos, com base nas Leis 8.632/93, 8.878/94 e 11.282/2006; concessão de vale-cesta extra para empregados afastados sem ônus para a ECT; afastamento da carteira gestante e adicional de 30%.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar