Geral, Grande Floripa, Obras, São José - 21 Ago 2014 17:07

Convênio para restauro da igreja do Bonfim em São José é assinado

Nesta quinta também foi entregue o projeto final para reforma do Teatro Adolpho Mello
Por: Direto da Redação
 
Convênio para restauro da igreja do Bonfim em São José é assinado Termo que repassa verba para intervenção da Igreja Nosso Senhor do Bonfim foi assinado (Daniel Pereira – Secom/PMSJ)

A Igreja Nosso Senhor do Bonfim, em São José será restaurada e o projeto do Theatro Adolpho Mello foi concluído nesta quinta-feira (21). As iniciativas no Centro Histórico do município integram um programa global da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (FMCT), que busca preservar a história e o patrimônio da região.

Um termo de convênio que repassa R$ 180 mil para a intervenção e manutenção imediata da área interna e externa igreja foi assinado pela prefeita Adelina Del Pont. A Paróquia de São José é a responsável em contratar a empresa e fazer o acompanhamento da obra, com a fiscalização da Secretaria Municipal de Infraestrutura.

Patrimônio tombado desde 2005, a “Igreja do Bonfim” foi construída entre 1851 e 1852, no mesmo estilo da igreja matriz de São José.  A imagem do seu padroeiro chegou ao município pelo então pároco, padre Macário César de Alexandria. Junto, chegou também a tradição de realizar anualmente uma procissão.

De acordo com o engenheiro Marcos Antônio Martins, será possível fazer uma reforma emergencial na estrutura, substituir as molduras, refazer a parte elétrica, investir na prevenção de incêndios e construir um acesso para cadeirantes. Para o padre José Silva de Paiva, pároco de São José, o diálogo com a Prefeitura, sobretudo por meio da FMCT, reforça o bom trabalho que será feito.

Theatro Adolpho Mello

Após um ano de intenso trabalho e estudos, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) entregou o projeto final de restauro do prédio onde está o teatro Adolpho Mello. O teatro foi interditado pela Defesa Civil de São José, em março de 2013, por medida de segurança. O reitor da Udesc, professor Antonio Heronaldo de Sousa, julga de muita importância a preocupação da Prefeitura em preservar sua história. Os recursos para esta primeira etapa já foram repassados pelo Governo do Estado.

Coordenador de Obras da Udesc, Edy Genovez Luft, apresentou a proposta e as adequações que devem ser feitas para o local voltar a funcionar como teatro, sem perder sua identidade, já que é a mais antiga casa de espetáculo de Santa Catarina e uma das três mais antigas do país.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar