Cultura, Eventos, Florianópolis, Religião - 15 Mai 2017 14:02

Visita guiada em Floripa marca ciclo de encerramento da exposição Iconografia

Fundação Badesc fica na rua dos Ilhéus, no Centro de Floripa
Por: Direto da Redação TSF
 
Visita guiada em Floripa marca ciclo de encerramento da exposição Iconografia Convite Visita Guiada Iconografia

Uma visita guiada gratuita, uma roda de conversas e um recital são as atividades organizadas pela equipe da Fundação Cultural Badesc, situada na rua dos Ilhéus, no Centro da Capital,  para o último mês da exposição Iconografia 344, considerada a mais importante de Florianópolis em 2017. Com curadoria do médico Ylmar Corrêa, a exposição, que encerra no dia 1º de junho, reúne obras e documentos raros jamais expostos, sobre a Vila de Nossa Senhora de Desterro e a atual Floripa.

Um dos momentos mais esperados destas atividades é a visita guiada, que será realizada no sábado (20). A Fundação abrirá suas portas a partir das 14h, e Ylmar Corrêa conduzirá os visitantes pelo acervo e em conjunto com o público fará um resgate da história da capital.

- Na exposição é possível apreciar a evolução da cidade, seus habitantes, sua fauna, sua flora e seus limites e por meio da visita guiada poderemos nos aproximar mais desta história -, declarou Ylmar ao comemorar o sucesso da exposição que tem recebido grande público desde sua abertura, em 30 de março.

Na quinta (25), às 19h, o artista e poeta Rodrigo de Haro recitará poemas não editados sobre a ilha de Santa Catarina. A roda de conversas será realizada na quinta (18), às 19h, quando pesquisadores das áreas de história e artes irão explorar pontos relevantes sobre a história de Florianópolis.
Mais sobre a exposição
Iconografia 344, que recebeu este nome alusivo à idade de Florianópolis, traz obras como a gravura Vista da Ilha de Santa Catarina, de Gaspar Duche de Vancy, que em 1787 fez o primeiro registro da Vila de Nossa Senhora do Desterro.

A exposição também apresenta obras modernas e contemporâneas que dialogam com os primeiros registros da Ilha de Santa Catarina. Três obras do modernista Martinho de Haro, que retratam o hospital de Caridade, o conjunto Miramar e o morro das Pedras mostram a cidade em meados do século XX.  Entre os artistas contemporâneos nomes como Walmor Corrêa, Carlos Asp, Diego de Los Campos, Yara Guasque, Fernando Lindote e Paulo Gaiad garantem o contraponto com as obras históricas.

Vista da Vila de Nossa Senhora do Desterro na Ilha de Santa Catarina (Foto Divulgação)Vista da Vila de Nossa Senhora do Desterro na Ilha de Santa Catarina (Foto Divulgação)

Serviço
O que: Programação especial Iconografia 344
Quando: quinta (18) às 19h - Roda de Conversa.
Sábado (20) às 14h- Visita Guiada com o curador Ylmar Correa Neto.
Quinta (25) quinta-feira, às 19h - Recital com o artista Rodrigo de Haro.
Onde: Fundação Cultural Badesc- Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis – telefone: (48) 3224-8846
Entrada gratuita

Ilha de SC. Theodor Bry. Gravura em metal. (Divulgação)Ilha de SC. Theodor Bry. Gravura em metal. (Divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar