Esportes, Florianópolis - 23 Fev 2020 19:24

“Xente Boa” de Floripa, Santiago Ponzinibbio quer voltar a lutar em 2020

Argentino que mantém residência em Florianópolis segue invicto há sete lutas no UFC
Por: Direto da Redação TSF
 
“Xente Boa” de Floripa, Santiago Ponzinibbio quer voltar a lutar em 2020 (Foto: Domenique Bitencourt / Tudo Sobre Floripa)

Sem lutar desde novembro de 2018, quando derrotou Neil Magny, o lutador argentino radicado em Florianópolis Santiago Ponzinibbio está pronto para retomar sua grande fase no Ultimate e manter o embalo de sete vitórias seguidas. Após uma cirurgia de emergência para tratar de uma infecção bacteriana, Santi “Xente Boa” garantiu estar 100% para reassumir o espaço que ocupava na categoria dos meio-médios (77 kg) e deu um recado para seus companheiros de divisão.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, Santiago, que treina no Rio de Janeiro mas mantém residência em Floripa, adiantou que seu empresário já está em conversa com o UFC para negociar sua próxima luta. O lutador revelou que pensa em competir três vezes em 2020 e colocou nomes como Rafael Dos Anjos e Robbie Lawler como alvos. Além disso, o sul-americano afirmou que não teme que esse período sem lutar o prejudique dentro da categoria, que atualmente é uma das mais movimentadas do evento.

- Meu trabalho vem sendo bem feito. Tenho 11 lutas pela organização ganhei nove, com sete vitórias consecutivas. Quando eu voltar e ganhar, vou estar pronto para disputar o título. Sei que tenho capacidade de lutar e conseguir o título do mundo. Sempre na minha vida eu tive muitas adversidades e elas só me deram mais vontade de fazer acontecer. Só estou com pena de quem for meu próximo oponente. Ele vai pagar por tudo -, disse o lutador.

No fim de 2019, Ponzinibbio, apesar de não saber o que é perder desde 2015, foi retirado do ranking da franquia. Uma das explicações, segundo o próprio lutador, foi porquê ele não luta faz muito tempo. Entretanto, o argentino pareceu não se importar com essa questão e destacou que vai reassumir seu posto assim que voltar a lutar.

- Eles (UFC) falaram que quando eu tiver uma luta programada eles iam me colocar na mesma posição que eu estava antes, que era o número sete. É mais uma questão de protocolo, de quando um atleta fica mais de um ano sem lutar, eles tiram do ranking. Eu estou tranquilo, não ligo para negócio de ranking -, completou o atleta.

A categoria dos meio-médios do Ultimate está em evidência na mídia. Isso porque ela, atualmente, está recheada de estrelas, como o campeão Kamaru Usman, além de Jorge Masvidal e recentemente Conor McGregor, que lutou na divisão e venceu Donald Cerrone. Aliás, um duelo com o irlandês é algo em mente do argentino.

- Sim, claro (que penso em um dia enfrentar o McGregor). Não é uma luta boa para ele e acho que venceria por nocaute no primeiro round. Tomara que um dia isso aconteça. A categoria está muito empolgante. Estou com muita vontade de voltar e bater em todos esses caras da divisão -, explicou o ex-lutador do ‘The Ultimate Fighter Brasil 2’.

Santiago Ponzinibbio veio de Buenos Aires para Florianópolis em 2008, quando chegou a vender sanduiches na praia para sobreviver. Logo, se aproximou da Team Tavares, grupo de lutadores de ponta liderados pelo manezinho Thiago Tavares, a começou a se destacar em eventos de luta regionais. Em 2013, fez uma campanha de sucesso na segunda edição do TUF Brasil. No entanto, acabou se lesionado após a semifinal e não pode disputar o título contra William ‘Patolino’. Porém, no mesmo ano, recebeu a chance e estreou no Ultimate. Desde então, o argentino tem nove vitórias e duas derrotas.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar